Medley da Disney

[Tarzan - Dois Mundos]

Tenta ser aquilo em que acreditas
Dois sóis, um só sentido
Deixa-te ir,
O coração
Tu vais saber seguir

Num paraíso por explorar
Há todo o mundo de amor
A vida aqui,
Tu vais tentar

Com cuidado anda sobre a areia
Dois sóis, um só sentido
Deixa-te ir,
O coração
Tu vais saber seguir

Só o amor consegue entrar
Neste abrigo cheio de paz
A vida aqui,
Tu vais tentar

Vai em frente com esse amor
Terás a força dos teus
Um lar seguro
Lá bem no ar
Há uma vida nova
O perigo tem um papel


[Alladin - Um Mundo Ideal]

Temos tanto para ver,
Tudo à nossa volta,
Vem princesa e deixa o teu coração sonhar.

Vou mostrar-te o céu,
Vamos viver um sonho,
Vem comigo e com o meu tapete vais voar.

Um mundo ideal,
Um mundo novo a descobrir,
E tudo o que sentir, podemos ir,
E não é só um sonho..

Um mundo ideal
Paisagens que eu nunca vi,
E não vou só voar, também sonhar,
É um mundo novo para mim.

Tudo isso vou ter
As mais lindas viagens,
Ler no céu as imagens que nos vão acompanhar.

Um mundo ideal,
Sempre assim para nós!
Milhões de coisas para ver,
Tudo à nossa volta!
Vamos sonhar no ar, no céu voar
Agora descobri o que vou ser.

Um mundo ideal,
Mais ninguém vai saber
Um horizonte para seguir
Vive só o momento
Quero-te sempre assim ao pé de mim
Vamos ver o mundo tu  eu

Um mundo ideal
Em nós cresceu
Vamos voar
Vamos sonhar
Só tu e eu.


[A Bela e o Monstro - Era Uma Vez]

Era uma vez
Contaram-me a mim
Amigos talvez
Quando o amor se fez
De repente assim

Algo que mudou
Pouco e devagar
Ambos a tremer
Quase sem saber
Bela e Monstro amor

Sempre foi assim
Sempre assim será
Sempre tudo igual
Tão certo e real
Como o sol nascer

Era uma vez
Música se fez,
Bela e Monstro amar.


[Corcunda de Nottre Dame - Filhos de Deus]

Eu não sei se tu me amas,
Ou se estás aí,
E nem sei se tu entendes,
Esta humilde prece,

Eu só uma cigana,
Com a minha alma a nu,
Eu sempre fui renegada,
Como um dia foste tu.

Protege os párias,
Busca o amor,
Tem piedade pois vivem na dor
Ama o meu povo que crê em ti Deus,
Protege os párias que são filhos teus

Eu peço fé;
Eu pelo amor;
Eu peço fama, prestígio e poder.
Eu vou louvar a ti Senhor,
Eu peço glória na Terra e nos Céus.

Deus.


[Livro da Selva - Necessário]

Eu uso o necessário,
Somente o necessário,
O extraordinário é demais.
Eu digo necessário,
Somente o necessário,
Por isso esta vida eu levo em paz.

Assim eu vivo
E melhor não há,
Eu só quero ter
O que a vida dá.

Milhões de abelhas vão fazer
Fazer o mel p'ra eu comer.
E se por acaso olhares p'ro chão
Há formigas em profusão

Eu uso o necessário,
Somente o necessário,
O extraordinário é demais.
Eu digo necessário,
Somente o necessário,
Por isso esta vida eu levo em paz.

E o necessário para viveres também terás;
Também terás.


[Rei Leão - Hakuna Matata]

Hakuna Matata
É tão fácil dizer,
Hakuna Mata,
Sim vais perceber.

Os teus problemas, são para esquecer
Para sobreviver, tens que aprender,
Hakuna Matata, é tão fácil dizer.

Hakuna Mata, sim vais perceber.
Os teus problemas, são para esquecer
Para sobreviver, tens que aprender,
Hakuna Matata

Eeeeeeh eeeeeh eeeeeeh
Hakuna Matata, Hakuna Matata,
Hakuna Matata, Hakuna Matata

Os teus problemas, são para esquecer
Para sobreviver, tens que aprender,
Hakuna Matata


[A Pequena Sereia - Aqui no Mar]

O fruto do meu vizinho
Parece melhor que o meu
O sonho de ir lá em cima
Eu creio que é engano seu

Você tem aqui no fundo
Conforto até demais
É tão belo o nosso mundo
O que você quer mais?

Onde eu nasci, onde eu cresci
É mais molhado, eu sou vidrado por tudo aqui.
Lá se trabalha o dia inteiro
Lá são escravos do dinheiro.
A vida é boa, eu vivo à toa
Onde eu nasci

Vou-lhe contar,
Aqui no mar
Ninguém nos segue nem nos persegui p'ra nos fritar
Se os peixes querem ver o sol
Tome cuidado com o anzol
Até o escuro é mais seguro
Aqui no mar

Aqui no mar
Onde eu nasci
Neste oceano
Entra ensaiando
Tem tudo aqui

Os peixes param de nadar
Quando é hora de tocar
Temos a bossa que é toda nossa
Aqui no mar


[Rei Leão - Ciclo Sem Fim]

Nants ingonyama bagithi baba
Sithi uhhmm ingonyama

Nants ingonyama bagithi baba
Sithi uhhmm ingonyama

Ingonyama
Siyo Nqoba
Ingonyama Ingonyama nengw' enamabaal
Ingonyama nengw' enamabala (Se-to-kwa!)
Ingonyama nengw' enamabala (Asana)

Desde o dia em que ao mundo chegamos,
E abrimos os olhos ao sol,
Há mais para ver, mais que imaginar,
Mais que o tempo pode permitir.

Há tantas coisas à espera,
E locais que queremos desvendar,
É o sol a brilhar, é o azul deste céu,
Que mantém este rio a fluir.

É o ciclo sem fim que nos guiará,
E com emoção, pela fé e amor,
Até encontrar o nosso caminho,
Neste ciclo, neste ciclo sem fim

Letra: Vários
Melodia: Vários (Disney corp.)
Arranjos: Ana Carolina "Santana" Santos e Maria Inês "Bellamy" Figueiredo

Sem comentários: